quarta-feira, 16 de maio de 2018

Destaques da semana - 17 a 23 de maio


Cinema, circo, contação de histórias, intervenção artística, música e teatro.




CINEMA

A outra
The Other Boleyn Girl, Reino Unido, EUA, 2008, 115 min., DVD
Direção: Justin Chadwick. Elenco: Natalie Portman, Scarlett Johansson, Eric Bana.
Anne e Mary são irmãs que foram convencidas por seu pai e tio ambiciosos a aumentar o status da família tentando conquistar o coração de Henry Tudor, o rei da
Inglaterra.
Dia 17 de maio - Biblioteca Cora Coralina


CIRCO

Buzum
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 30 minutos
O espetáculo conta de maneira bem humorada o caminho da língua portuguesa pelo mundo, sua expansão pela Ásia, África e América do Sul. Em um ambiente intimista, com o uso de bonecos e um texto dinâmico, crianças e professores descobrem a presença de expressões e palavras africanas na língua portuguesa, de alimentos e plantas indígenas na cultura brasileira e que a tão comentada Globalização já começou há séculos. Os bonecos saem das páginas de um enorme livro para ilustrar os caminhos feitos pelos portugueses em busca de novos territórios e especiarias e é claro, sua chegada ao Brasil.
Dia 17 de maio às 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Hans Christian Andersen
Dia 18 de maio às 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Adelpha Figueiredo

Gran Circo Opará
Gran Circo Opará
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Uma viagem pelo sertão do Brasil, tendo como fio condutor o Rio São Francisco. Utilizando a linguagem do circo-teatro, são levados ao palco lendas e mitos desse rio que é sustento e vida nas veredas brasileiras. O espetáculo foi criado a partir das histórias recolhidas na turnê feita pela companhia, no ano passado, ao longo das cidades ribeirinhas do Rio São Francisco.
Dia 17 de maio às 10h - Biblioteca Aureliano Leite
Dia 18 de maio às 14h30 - Biblioteca Affonso Taunay
Dia 22 de maio às 10h - Biblioteca Menotti Del Picchia

Travessuras de Palhaço
Travessuras de Palhaço
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
Uma trupe de palhaços disputa um espaço para apresentar no circo, suas travessuras levam para o caminho onde predomina a amizade. Inspirado nas esquetes de palhaços, música de charanga e a magia do malabarismo.
Dia 19 de maio às 11h - Biblioteca Narbal Fontes

Sanduba Delivery
Sanduba Delivery
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O palhaço Sanduba chega com sua bicicleta acrobática para fazer entregas de sua lanchonete. No cardápio, dez números circenses divididos em entrada, prato principal, sobremesa e cafezinho. O público é convidado para fazer o pedido e assim formar a cada um cardápio e um espetáculo diferente. No final do espetáculo, há um surpreendente número de equilibrismo, com Duba Becker equilibrando no queixo uma barraca de feira.
Dia 17 de maio às 15h - Biblioteca José Paulo Paes
Dia 23 de maio às 14h30 - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

O Paraíso São os Outros
O Paraíso São os Outros
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O amor constrói. Gostarmos de alguém, mesmo quando estamos parados durante o tempo de dormir, é como fazer prédios ou cozinhar para mesas de mil lugares. O Paraíso São os Outros, do escritor português Valter Hugo Mãe, é a história de uma menina que observa como são os casais. Casais de pessoas e casais de animais. Uma menina a quem o amor intriga e fascina. Ao imaginar a vida dos outros, sonha com a sua pessoa desconhecida que um há de amar. Ao inventar a felicidade, ela já sabe tudo o que é preciso para se ser casal. Um livro que parte da inocência pueril e toca também a sabedoria dos mais crescidos. Como o narrador do conto, com a máscara do palhaço, o nariz, Buzanfa cria, interpreta, canta, ri, chora, dança, pula, cai, e se levanta... Tudo por amor!
Dia 17 de maio às 15h - Biblioteca Clarice Lispector
Dia 18 de maio às 15h - Biblioteca Castro Alves
Dia 20 de maio às 11h - Biblioteca Jayme Cortez

Histórias para Crianças
Corajosas
Histórias para Crianças Corajosas
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Dedicadas ao universo do terror infantil, as histórias são permeadas dos clássicos de rock'n'roll, heavy metal fazendo com que os pais se identifiquem com as músicas e se divirtam junto com as crianças. Na companhia de Manu Rodrigues e sua guitarra cheia de músicas e efeitos especiais, essa dupla propõe rodas de histórias arrepiantes e muito divertidas, Além de ensinar táticas infalíveis para vencer monstros e seres assustadores!
Dia 17 de maio às 14h - Biblioteca Ricardo Ramos
Dia 22 de maio às 14h30 - Biblioteca Rubens Borba Alvesde Moraes
Dia 23 de maio às 14h - Biblioteca Adelpha Figueiredo

Projeto de Leitura na 1ª Infância
Com Cléo, Silene, Bruna e Camila. | Classificação indicativa: até 6 anos.
A Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas, junto à Secretaria Municipal de Educação participam do Projeto São Paulo Carinhosa, uma ação intersecretarial, onde está sendo desenvolvida a Mediação de Leitura Literária pela Biblioteca Pública Municipal Cora Coralina (Temática Feminista) em parceria com o CEI Geraldo Magela Peron.
Terças-feiras de 6 de fevereiro a 11 de dezembro às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina

A Hora da Mediação de Leitura Literária
Com Cléo, Silene, Bruna e Camila | Classificação indicativa: até 12 anos.
Funcionários da biblioteca propõem um contato lúdico entre crianças e os livros, com a intenção de despertar o interesse pela literatura e o prazer da leitura.
Terças-feiras de 9 de janeiro a 18 de dezembro às 15h30Biblioteca Cora Coralina

INTERVENÇÃO ARTÍSTICA

Trilha Literária
Trilha Literária
Classificação indicativa: Livre | Indicado para público infantil | Duração: 60 minutos
Sabemos que as histórias encantam e divertem as crianças e também que os jogos são poderosos instrumentos que as envolvem. Tais elementos possibilitam um  diálogo com sua sensibilidade onírica, simbólica e lúdica, por isso vão ao encontro do seu ser e "falam sua linguagem". Assim, resolvemos juntar jogo e histórias em uma brincadeira com diversos clássicos da literatura infantojuvenil e desenvolvemos um jogo de trilha gigante com essa temática.
O objetivo é despertar ainda mais o interesse, o gosto e a curiosidade dos pequenos pela leitura, estimulando o desejo de conhecer sempre mais sobre o universo das histórias. Esperamos que elas possam se aventurar pelo reino do "faz de conta" enquanto brincam e se divertem com esse jogo.
Dia 22 de maio às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina

Como ser o Negro
Como ser o Negro
Classificação indicativa: Livre | Duração: 190 minutos
Leitura dramática do poema “Como ser o negro ou a matéria escura” do escritor, ensaísta e poeta Marcelo Ariel seguida de uma palestra-debate com a plateia sobre negritude, cultura e política.
Dia 16 de maio às 14h - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
Dia 18 de maio às 14h - Biblioteca Jamil Almansur Haddad
Dia 19 de maio às 14h - Biblioteca Sylvia Orthof
Dia 22 de maio às 15h - Biblioteca Paulo Setúbal
Dia 23 de maio às 15h - Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet

MÚSICA

Mulher Escrita
Mulher Escrita
Classificação indicativa: Livre | Indicado para público jovem e adulto | Duração: 120 minutos.
Mulher Escrita é um encontro de compositoras com música e bate papo. A Embaixatriz do Samba Paulistano, Maria Helena, faz a menção da conversa e integrantes da banda Sambadas acompanham as compositoras convidadas. Ao som da banda feminista e no comando de Maria Helena, madrinha do projeto, as mulheres compartilham com o público, além das músicas, as suas experiências sonhos, pontos de vista, poesia, literatura, enfim, vida.
Dia 20 de maio às 11h - Biblioteca Paulo Duarte

Henrique Meyer
Henrique Meyer - Violão Brasileiro
Classificação indicativa: a partir de 12 anos | Duração: 50 minutos
Peças instrumentais de mestres como: Garoto, Dilermando Reis, Guinga, Paulo Bellinati, João Pernambuco, Heitor Villa-Lobos e Marco Pereira. Henrique tem formação erudita, se apresenta nas ruas e praças de São Paulo e também é  guitarrista nas bandas Cavalo Zebra e Supercolisor.
Dia 19 de maio às 14h - Biblioteca Malba Tahan

Trio Sinhá Flor
Trio Sinhá Flor
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
Através de propostas estéticas autênticas e arranjos refinados assinados pelas três artistas, o grupo contribui para fazer do Forró mais um espaço de empoderamento feminino. Uma visão onde palco é espaço de transformação, uma sublime subversão para que nele e na plateia caibam todas as pessoas e sonhos do mundo. No repertório: Edu Lobo, Gilberto Gil, João do Vale e Luiz Gonzaga.
Dia 17 de maio às 14h - Biblioteca Afonso Schmidt
Dia 22 de maio às 10h - Biblioteca Amadeu Amaral
Dia 22 de maio às 14h - Biblioteca Prestes Maia

Marília Calderón Trio
Marília Calderón, Maria Fernanda e Marta Najjar
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
Canções populares autorais interpretadas e arranjadas para acordeon, violino, saxofone, violão e percussão. Nuances e cores diversas conferem um caráter particular que se estende ao público: o de experiência compartilhada com a música de rua, a vida comunitária e a experiência com o teatro.
Dia 19 de maio às 11h - Biblioteca Jovina Rocha ÁlvaresPessoa

Lurdez da Luz
“Uma Só” com Lurdez da Luz
Classificação indicativa: 14 anos |  Duração: 60 minutos
Lurdez Da Luz, uma das pioneiras do Hip Hop no Brasil, se apresenta em um show no estilo "one woman show", onde ela dispara suas bases de forma eletrônica e opera efeitos em sua própria voz passeando por toda sua obra. A artista tem 4 discos solo e além de versões originais a apresentação conta com remixes e momentos de poesia oral de sua autoria e de outras poetas brasileiras, como Hilda Hilst e Orides Fontela.
Dia 19 de maio às 18h - Biblioteca Brito Broca

Barroqueando
Barroqueando
Classificação indicativa: Adulto | Duração: 50 minutos
Com formação de viola caipira e bandolim, o grupo - através de uma perspectiva comunicativa e informal - conversa com o público presente e com a literatura em concerto comentado com citações de obras e autores como Machado de Assis, Manuel Bandeira e Álvares de Azevedo.
Dia 17 de maio às 14h - Biblioteca Raul Bopp
Dia 19 de maio às 15h - Biblioteca Nuto Sant'Anna   
Dia 20 de maio às 13h - Biblioteca Chácara do Castelo     
Dia 22 de maio às 14h - Biblioteca Belmonte
Dia 23 de maio às 14h - Biblioteca Álvares de Azevedo     

Irajá Menezes
Cantor de Histórias - Irajá Menezes
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
À maneira dos mediadores de leituras, a proposta é buscar, através do diálogo com os pequenos, leituras possíveis e a construção de seus significados e aproximar as crianças do amplo patrimônio dos sons sem reduzir os limites que a linguagem musical propicia. Romper a bolha da chamada 'música infantil' que por vezes prende as crianças em um universo auto referenciado.
Dia 22 de maio às 10h - Biblioteca Malba Tahan
Dia 23 de maio às 14h - Biblioteca Raimundo de Menezes

MC Garden
MC Garden
Classificação indicativa: 10 anos | Duração: 60 minutos
O paulistano MC Garden é um dos artistas mais reconhecidos da vertente do funk consciente, que ganha cada vez mais força entre os jovens brasileiros. Alguns vídeos do artista somam milhões de visualizações no Youtube. MC Garden possui parcerias com grandes artistas, humoristas, bandas e Youtubers, tais como Planta e Raiz, Gabriel O Pensador, Zizi Possi, Gog, Rafinha Bastos e Rafael Queiroga.
Dia 23 de maio às 14h - Biblioteca Érico Veríssimo

Unidos do Quintal
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Um grupo que forma um time de artistas dispostos a brincar em um quintal qualquer, real ou imaginário, em qualquer parte deste mundo onde haja crianças e adultos para brincar com eles. Eles tocam blues, curiosidade, baião, moda de viola, história sem pé nem cabeça, rock, risada, saudade, alegria e tudo que possa alcançar o coração da sua torcida!
Dia 20 de maio às 11h - Biblioteca Nuto Sant'Anna
  
TEATRO

Terra
Terra
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O Grupo Ecozóico utiliza a encantadora linguagem do teatro de sombras para contar a história de amor entre uma árvore e um menino. Adaptação do texto “A Árvore Generosa” de Shel Silverstein, sugere um horizonte de cidadania e responsabilidade social em escala planetária. É uma fábula sobre a amizade, a consciência ecológica e a ambição do homem perante a generosidade e a beleza da natureza.
Dia 20 de maio às 16h - Biblioteca Hans Christian Andersen

Construtório
Construtório
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
A Cia Truks utiliza a técnica de teatro conhecida por “Teatro de Objetos”, no qual o uso contínuo do objeto é modificado para construir novas criaturas, ou simbolizar personagens.
Três operários ficam impedidos de saírem da obra em que trabalham ao final do cansativo expediente, por conta de uma tempestade que não os deixa voltar para as suas casas. “Presos” que estão, no entanto, libertam a fantasia para criar as mais incríveis aventuras: transformam ferramentas, e demais objetos da obra, em instrumentos de suas viagens pela imaginação. Assim recontam, com muita criatividade, alguns contos de fadas, com bom humor, filmes clássicos, criam e interagem com bichos e criaturas formadas pelas mais inusitadas coisas. Revelam-se, por fim, operários de uma obra muito especial. São, sobretudo, poetas, construtores de sonhos!
Dia 17 de maio às 15h - Biblioteca Jayme Cortez
Dia 19 de maio às 14h - Biblioteca Camila Cerqueira Cesar
Dia 23 de maio às 15h - Biblioteca Viriato Corrêa

A Festa
A Festa
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
A fábula acontece num reino não muito distante daqui, numa época de valores não muito díspares aos nossos. Estamos num especial: é o aniversário da princesa Maria Joaquina. Todos à sua volta, da Rainha aos trabalhadores, não medem esforços para que esse seja uma data inesquecível - para ela. Difícil de agradar, a mimada e solitária princesa ordena ao conselheiro real que este lhe traga um presente de aniversário impossível e insuperável. Saindo em busca de algo extraordinário, ele descobre no meio do povo um menino esperto, que joga bolinhas pelas ruas. A partir deste encontro tão improvável, a vida de todos daquele reino se transforma para sempre.
Dia 17 de maio às 14h - Biblioteca Vinicius de Moraes
Dia 19 de maio às 14h - Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda
Dia 20 de maio às 11h - Biblioteca Vicente Paulo Guimarães

A Bola: Histórias que rolam
A Bola: Histórias que rolam
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Inspirado no livro "O Chute que a bola levou" de Ricardo Azevedo.
Bolas de futebol nascem e vão parar na prateleira de uma loja. Todas têm um só sonho: jogar com os maiores craques e balançar as redes em grandes campeonatos. Mas quando saem da loja a história é outra: elas passam por diversas situações nada parecidas com aquelas sonhadas, sendo ora protagonistas, ora testemunhas dessas experiências de vida-jogo. Assim, as bolas vão descobrindo outros caminhos que a vida pode traçar, podendo ser tão divertidos quanto os seus sonhos.
Dia 19 de maio às 11h - Biblioteca Lenyra Fraccaroli

O menino e a cerejeira
O menino e a cerejeira
Classificação indicativa: Livre | Duração: 90 minutos 
Com enredo lúdico e emocionante, a Cia propõe uma versão do espetáculo especialmente adaptada para o espaço das Bibliotecas. O menino e a cerejeira nas Bibliotecas visa estimular a leitura, já que a montagem da Borbolina Companhia é uma adaptação do livro de Daisaku Ikeda, um filósofo, escritor, fotógrafo, poeta e líder humanista japonês. Em um cenário pós Segunda Guerra Mundial, os japoneses buscam alternativas para viver melhor. De um lado, um senhor já idoso cuida da única cerejeira sobrevivente aos bombardeios. Do outro, um garoto triste, Taiti, tenta superar a perda do pai na guerra. Assim, surge uma amizade mais forte do que qualquer conflito, que levará o menino a encontrar sua força e coragem para trazer a luz da esperança para todos da aldeia.
Dia 17 de maio às 14h - Biblioteca Thales Castanho de Andrade
Dia 23 de maio às 14h30 - Biblioteca Roberto Santos

Casos cascudos
Casos cascudos
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Espetáculo de animação inspirado livremente em três contos do pesquisador brasileiro Câmara Cascudo. A montagem utiliza diferentes técnicas de manipulação e construção, como o tradicional mamulengo, bonecos de vara feitos a partir de cabaças e brinquedos populares de madeira. A trilha musical, ao vivo e gravada, traz à lembrança antigas canções populares.
Dia 22 de maio às 14h - Biblioteca Marcos Rey

Página Mágica
Página Mágica
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
Página Mágica foi concebida a partir da literatura. Serão 4 estórias independentes:
O Saci, Chapeuzinho Vermelho, A lenda do Guaraná e Dom Quixote. Nesse
primeiro momento, a estória a ser contada será a do Saci.
Três atores, Manul Fadul, Felipe Lwe e Vanessa Silva e mais de 20 bonecos representam uma versão criada por Beto Andreetta, desse que é um dos personagens mais conhecidos da cultura popular.
O enredo gira em torno da preservação de uma floresta que corre o risco de ser destruída para a construção de uma cidade.
Dia 17 de maio às 11h30 e 14h30 - Biblioteca Milton Santos
Dia 18 de maio às 11h e 13h - Biblioteca Vicente de Carvalho
Dia 19 de maio às 11h e 14h - Biblioteca Helena Silveira

Inquieto coração
Inquieto coração
Classificação indicativa: 14 anos | Duração: 60 minutos
Inquieto coração é um espetáculo solo cuja fonte de inspiração são as reflexões filosóficas de Santo Agostinho sobre os mais variados temas: o conhecimento de Deus, a busca da verdade, a natureza do amor e a condição humana. O espetáculo, que completa 10 anos em 2018, estreou no Rio de Janeiro, tendo realizado temporada em São Paulo e turnês por diversas cidades brasileiras.
Dia 17 de maio às 14h - Biblioteca Mário Schenberg


Outros Eus
Outros Eus
Classificação indicativa: adulto | Duração: 60 minutos
O Marinheiro é uma obra, minimalista, provocatória e de vanguarda. Ela “permite conhecer de onde vem à inspiração de Fernando Pessoa, que com 24 anos  escreveu a peça em dois s. Revela-nos a sua intuição, a sua visão daquilo que viria a ser a sua vida de artista, de tormento e de sofrimento.” O marinheiro talvez seja o próprio Fernando Pessoa, concentrado na realidade e ação, no sonho de viver. É
na verdade a primeira criação dos seus três heterônimos. A adaptação percorre o pensamento e alguns poemas do Poeta português, para falar deste estado criativo, inventando um personagem real em seu quarto, através da prosa e da poesia.
Dia 19 de maio às 14h - Biblioteca Cassiano Ricardo

Teatralidade nos Contos de Marcelino Freire
Com o oficineiro: Ernandes Araújo. Inscrições no balcão da recepção.
A oficina busca através dos contos de Marcelino Freire, a sua teatralidade,o suporte
para criação dramatúrgica,e por consequência para encenação.A literatura como recurso imagético para construção de uma poética. Um texto literário possui um campo infinito para criação, para intertextualidade, permitindo ao ator um potente campo para sua imaginação.

1º Módulo Pesquisa poética dos Livros:
Contos Negreiros, Angu de Sangue, balé da Ralé, Rassif, Amar é Crime.
2º Pesquisa Cênica dos Contos Escolhidos
3º Encenação e apresentação do trabalho

Segundas-feiras, de 5 de março a 10 de novembro, às 19h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima

terça-feira, 15 de maio de 2018

Dicas de Leitura - Luta Contra a Homofobia

Em 17 de maio de 1990 a homossexualidade foi excluída da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas relacionados com a Saúde (CID). Esse dia passou a ser comemorado como o Dia Internacional de Luta contra a Homofobia. Em referência a essa data, para compor as Dicas de leitura de maio foram selecionadas algumas obras do acervo das Bibliotecas sobre o tratamento da temática LGBT na literatura, na poesia, na fotografia, em filmes curta-metragem, na música e na arte de contar histórias.
LIVROS
Antologia TransAntologia Trans: 30 poetas trans, travestis e não-binários 
Cursinho Popular Transformação (Coordenação)
Durante as oficinas de poesia do Cursinho Popular Transformação, que prepara alunas e alunos trans para o ENEM, em São Paulo, trinta poetas e poetisas escreveram poemas que transformaram em um livro cheio de sentimentos sobre vivências, gênero, identidade, preconceito, transgressões, amores e dores. O livro de poesias é prefaciado por Amara Moira, com orelha de Linn da Quebrada e ilustrações de Lune Carvalho e Augusto Silva.


CondenadosCondenados: no meu país, minha sexualidade é um crime 
Castetbon, Philippe (Curador)
Essa obra resultou de uma exposição que reuniu cinquenta autorretratos e depoimentos colhidos pelo fotógrafo e jornalista francês Philippe Castetbon nos contatos e pesquisas sobre a discriminação sexual em oitenta países (Bangladesh, Botsuana, Etiópia, Granada, Guiana, Iémen, Líbano, Senegal, Síria, Trinidad e Tobago, Uganda, entre outros). Nela, os fotografados apresentam o rosto coberto (seja por um objeto, seja pelas mãos), tanto para proteger os fotografados, quanto para denotar a ideia de que sua orientação sexual é considerada crime em seus países.

Históriasa de todas as coresHistórias de todas as cores: memórias ilustradas LGBT
Coletivo HLGBT; Sanchez, Gustavo Ribeiro
O livro “Histórias de Todas as Cores: Memórias Ilustradas LGBT” é resultado de um projeto que teve início com a campanha online #VozesLGBT nas redes sociais. Esse projeto estimulou a contação de histórias de vida de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais nas redes sociais, das quais foram selecionadas vinte narrativas que levam em consideração a variedade de identidades de gênero e de orientação sexual.


LaunaLauna: um romance feminista
Rodrigues, Gabriela de Andrade
A obra conta a história de Cecília, uma jovem condenada a viver numa instituição para incapazes mentais. Bissexual, polígama e ativista política, ela sobrevive num cotidiano repetitivo e sem sentido até cumprir sua pena. As mudanças começam quando, com suas colegas de cárcere e seu amigo Inácio, a jovem constrói a utopia de uma sociedade solidária e receptiva ao sexo feminino. Após um trágico incidente transformar as vidas desse grupo, Cecília encontra Launa.

Nós duasNós duas: as representações LGBT nas canções brasileirasGonçalves, Renato
A partir de 30 canções, lançadas entre 1971 e 2015, o autor Renato Gonçalves reconstrói a trilha da representação LGBT nos palcos e estúdios, analisando como a questão LGBT na cultura brasileira vai assumindo formas entre aceitação e censura, fantasia e realidade, protagonismo e marginalização. No livro, são problematizadas questões socio-culturais a partir de canções sobre a identificação com o próprio corpo, o apoio familiar, a marginalização das travestis e a opinião pública.


Preconceit e homossexualidadePreconceito contra homossexualidades: a hierarquia da invisibilidade
Prado, Marco Aurélio Máximo e Machado, Frederico Viana 
Nesse livro os autores analisam o preconceito sob os pontos de vista histórico, político e social para demonstrar que a homossexualidade foi criada para ser mais um dos mecanismos de manutenção das classes dominantes. Os autores traçam um panorama do desenvolvimento das opiniões públicas através dos discursos históricos sobre a diversidade sexual com base em estudos de autores como o revolucionário Alfred Kinsey.

AUDIOVISUAL - DVD
Sete cores em terras roxas Sete cores em terras roxas
Figueiredo, Fábio (Diretor de cinema) - DVD
Através de filmes curta-metragem são narradas histórias e memórias que buscam compreender um pouco da vida de LGBTs em cidades do interior de São Paulo, como Tatuí, Quadra, Itapetininga, Angatuba, Capão Bonito, Sorocaba e Tietê. As narrativas abordam assuntos como a descoberta da homossexualidade, sua revelação à família, suas felicidades, angústias, medos referentes à religião, à relação com familiares, colegas de trabalho e com outros habitantes nessas cidades


Diversidade sexual video aulaVídeo Aula Diversidade Sexual

São Paulo (SP). Secretaria Municipal de Participação e Parceria. Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual  - DVD
Produzido em 2012, o “Video Aula Diversidade Sexual” conta com a participação de ativistas do movimento LGBT e profissionais de diversas áreas que apresentam conceitos sobre sexualidade, direitos e legislação. O vídeo foi feito para a divulgação de informações e conhecimento sobre diversidade sexual e para auxiliar na promoção à cidadania da população LGBT e na luta contra a homofobia.
 


Consulte o catálogo online para saber em quais bibliotecas estão disponíveis estes e outros livros. Veja a lista das bibliotecas pelas r
egiões de São Paulo.
Veja outras Dicas de Leitura de 2018.
 

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Destaques da semana - 10 a 16 de maio

Cinema, circo, contação de histórias, intervenção artística, música, teatro e cursos e oficinas.
CINEMA
Irmã Vap - o retorno
Brasil, 2006, 84 min., DVD
Direção: Carla Camurati. Elenco: Francisco Milani, Marcos Caruso, Ney Latorraca.
Otávio Augusto, um dos produtores da montagem original de "O Mistério de Irma
Vap" no Brasil, deseja montar uma nova versão do espetáculo. Para tanto, ele conta com a ajuda de Luiz Alberto, filho de seu antigo parceiro na montagem da peça, que morreu recentemente de enfarte devido às várias dívidas contraídas.
Dia 10 de maio às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina


CIRCO

Buzum
Classificação Indicativa: Livre | Duração: 30 minutos
O espetáculo conta de maneira bem humorada o caminho da língua portuguesa pelo mundo, sua expansão pela Ásia, África e América do Sul. Em um ambiente intimista, com o uso de bonecos e um texto dinâmico, crianças e professores descobrem a presença de expressões e palavras africanas na língua portuguesa, de alimentos e plantas indígenas na cultura brasileira e que a tão comentada Globalização já começou há séculos. Os bonecos saem das páginas de um enorme livro para ilustrar os caminhos feitos pelos portugueses em busca de novos territórios e especiarias e é claro, sua chegada ao Brasil.
Dia 11 de maio às 9h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca Clarice Lispector
Dia 16 de maio às 9h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h e 14h30 - Biblioteca PrestesMaia

Escambo
Escambo
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
O Espetáculo que tem como tema a feira onde a há uma grande diversidade de pessoas e de produtos, onde são oferecidas frutas para o público escolher, cada fruta escolhida será acompanhada de uma música que será cantada, e de acordo com a música será desenvolvida uma cena. Com muito humor serão abordados os benefícios de cada fruta, comparando com soluções sociais, mesclando com música, causos, poesias, números circenses, brincadeiras e intervenção cênica com o público presente.
Dia 16 de maio às 14h - Biblioteca Érico Veríssimo
Dia 24 de maio às 14h - Biblioteca Padre José de Anchieta




Travessuras de Palhaço
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos 
Uma trupe de palhaços disputa um espaço para apresentar no circo, suas travessuras levam para o caminho onde predomina a amizade. Inspirado nas esquetes de palhaços, música de charanga e a magia do malabarismo.
Dia 12 de maio às 11h - Biblioteca Lenyra Fraccaroli
Dia 15 de maio às 14h - Biblioteca Marcos Rey



Sanduba Delivery
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O palhaço Sanduba chega com sua bicicleta acrobática para fazer entregas de sua lanchonete. No cardápio, dez números circenses divididos em entrada, prato principal, sobremesa e cafezinho. O público é convidado para fazer o pedido e assim formar a cada um cardápio e um espetáculo diferente. No final do espetáculo, há um surpreendente número de equilibrismo, com Duba Becker equilibrando no queixo uma barraca de feira.
Dia 10 de maio às 15h - Biblioteca Viriato Corrêa
Dia 16 de maio às 14h30 - Biblioteca Raimundo de Menezes


CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

O Paraíso São os Outros
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O amor constrói. Gostarmos de alguém, mesmo quando estamos parados durante o tempo de dormir, é como fazer prédios ou cozinhar para mesas de mil lugares. O Paraíso São os Outros, do escritor português Valter Hugo Mãe, é a história de uma menina que observa como são os casais. Casais de pessoas e casais de animais. Uma menina a quem o amor intriga e fascina. Ao imaginar a vida dos outros, sonha com a sua pessoa desconhecida que um há de amar. Ao inventar a felicidade, ela já sabe tudo o que é preciso para se ser casal. Um livro que parte da inocência pueril e toca também a sabedoria dos mais crescidos. Como o narrador do conto, com a máscara do palhaço, o nariz, Buzanfa cria, interpreta, canta, ri, chora, dança, pula, cai, e se levanta... Tudo por amor!
Dia 12 de maio às 11h - Biblioteca Malba Tahan

Projeto de Leitura na 1ª Infância
Com Cléo, Silene, Bruna e Camila. | Classificação indicativa: até 6 anos.
A Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas, junto à Secretaria Municipal de Educação participam do Projeto São Paulo Carinhosa, uma ação intersecretarial, onde está sendo desenvolvida a Mediação de Leitura Literária pela Biblioteca Pública Municipal Cora Coralina (Temática Feminista) em parceria com o CEI Geraldo Magela Peron.
Terças-feiras de 6 de fevereiro a 11 de dezembro às 14h30 - Biblioteca Cora

A Hora da Mediação de Leitura Literária
Com Cléo, Silene, Bruna e Camila | Classificação indicativa: até 12 anos.
Funcionários da biblioteca propõem um contato lúdico entre crianças e os livros, com a intenção de despertar o interesse pela literatura e o prazer da leitura.
Terças-feiras de 9 de janeiro a 18 de dezembro às 15h30 - Biblioteca Cora


INTERVENÇÃO ARTÍSTICA

Banda Estralo
Banda Estralo
Classificação indicativa: Livre | Indicado para público infantil | Duração: 55 minutos
Com o objetivo de apresentar diversas faces da música brasileira para os pequenos, a Banda Estralo apresenta o show Estórias de Cantar. O set list do show inclui artistas brasileiros reconhecidos em todo o mundo, como Vinicius de Moraes, Marisa Monte, Arnaldo Antunes, Milton Nascimento e muitos outros.
O show também traz momentos de interação direta com as crianças. Após a leitura de A Bailarina, por exemplo, a Banda apresenta a música Ciranda da Bailarina (Chico Buarque e Edu Lobo), enquanto uma ou mais crianças da plateia são convidadas ao palco para se tornarem artistas por alguns instantes.
Dia 10 de maio às 15h - Biblioteca José Paulo Paes

Trilha Literária
Trilha Literária
Classificação indicativa: Livre | Indicado para público infantil | Duração: 60 minutos
Sabemos que as histórias encantam e divertem as crianças e também que os jogos são poderosos instrumentos que as envolvem. Tais elementos possibilitam um  diálogo com sua sensibilidade onírica, simbólica e lúdica, por isso vão ao encontro do seu ser e "falam sua linguagem". Assim, resolvemos juntar jogo e histórias em uma brincadeira com diversos clássicos da literatura infantojuvenil e desenvolvemos um jogo de trilha gigante com essa temática.
O objetivo é despertar ainda mais o interesse, o gosto e a curiosidade dos pequenos pela leitura, estimulando o desejo de conhecer sempre mais sobre o universo das histórias. Esperamos que elas possam se aventurar pelo reino do "faz de conta" enquanto brincam e se divertem com esse jogo.
Dia 12 de maio às 14h - Biblioteca Raimundo de Menezes


Como ser o Negro
Como ser o Negro
Classificação indicativa: Livre | Duração: 190 minutos
Leitura dramática do poema “Como ser o negro ou a matéria escura” do escritor, ensaísta e poeta Marcelo Ariel seguida de uma palestra-debate com a plateia sobre negritude, cultura e política.
Dia 16 de maio às 14h - Biblioteca José Mauro de Vasconcelos

MÚSICA

Henrique Meyer - Violão Brasileiro
Henrique Meyer - Violão Brasileiro
Classificação indicativa: a partir de 12 anos | Duração: 50 minutos
Peças instrumentais de mestres como: Garoto, Dilermando Reis, Guinga, Paulo Bellinati, João Pernambuco, Heitor Villa-Lobos e Marco Pereira. Henrique tem formação erudita, se apresenta nas ruas e praças de São Paulo e também é  guitarrista nas bandas Cavalo Zebra e Supercolisor.
Dia 12 de maio às 11h - Biblioteca Narbal Fontes
Dia 13 de maio às 11h - Biblioteca Vicente Paulo Guimarães

Marília Calderón Trio
Marília Calderón, Maria Fernanda e Marta Najjar
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
Canções populares autorais interpretadas e arranjadas para acordeon, violino, saxofone, violão e percussão. Nuances e cores diversas conferem um caráter particular que se estende ao público: o de experiência compartilhada com a música de rua, a vida comunitária e a experiência com o teatro.
Dia 12 de maio às 14h - Biblioteca Helena Silveira

Barroqueando
Classificação indicativa: Adulto | Duração: 50 minutos
Com formação de viola caipira e bandolim, o grupo - através de uma perspectiva comunicativa e informal - conversa com o público presente e com a literatura em concerto comentado com citações de obras e autores como Machado de Assis, Manuel Bandeira e Álvares de Azevedo.
Dia 15 de maio às 14h30 - Biblioteca Cora Coralina          
Dia 16 de maio às 14h - Biblioteca Adelpha Figueiredo      

Strombólica
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
“Bichos do Mundo em Concerto” é um show musical que explora de maneira divertida o fascínio das crianças pelo universo animal, a capacidade mágica de observar o mundo e inventar histórias. Seu diferencial é ter a sonoridade de um show de vanguarda, capaz de fisgar os pequenos e os adultos pelo som e pelas narrativas criativas. A presença enérgica do quarteto da Strombólica, os diálogos bem humorados e a sensibilidade musical criam um ambiente lúdico, permitindo a interação da plateia. "Bichos do Mundo em concerto" é um show vibrante e uma deliciosa viagem pelo mundo dos bichos. O repertório, interpretado pela Banda Strombólica, traz histórias divertidas em forma de canção.
Dia 10 de maio às 15h - Biblioteca Jayme Cortez

Cantor de Histórias - Irajá Menezes
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
À maneira dos mediadores de leituras, a proposta é buscar, através do diálogo com os pequenos, leituras possíveis e a construção de seus significados e aproximar as crianças do amplo patrimônio dos sons sem reduzir os limites que a linguagem musical propicia. Romper a bolha da chamada 'música infantil' que por vezes prende as crianças em um universo auto referenciado.
Dia 11 de maio às 10h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Mc Garden
Classificação indicativa: 10 anos | Duração: 60 minutos
O paulistano MC Garden é um dos artistas mais reconhecidos da vertente do funk consciente, que ganha cada vez mais força entre os jovens brasileiros. Alguns vídeos do artista somam milhões de visualizações no Youtube. MC Garden possui parcerias com grandes artistas, humoristas, bandas e Youtubers, tais como Planta e Raiz, Gabriel O Pensador, Zizi Possi, Gog, Rafinha Bastos e Rafael Queiroga.
Dia 10 de maio às 14h - Biblioteca Pedro Nava
Dia 12 de maio às 14h - Biblioteca Menotti Del Picchia

Tomás Crego
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Canções autorais e músicas do imaginário latino americano que fazem parte do universo do autor. O show é fruto de seu último trabalho discográfico contemplado pelo Prêmio Ibermusicas de Composição - Edição Maio 2016, Minas Gerais, Brasil.
Dia 11 de maio às 13h - Biblioteca Vicente de Carvalho
Dia 12 de maio às 11h - Biblioteca Nuto Sant'Anna
Dia 13 de maio às 11h - Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet
           

TEATRO

A Nova Roupa do Rei
Classificação indicativa: Livre | Duração: 55 minutos
Em um país distante um Rei só pensava em suas roupas, tratando-as como se fossem o único elemento importante do Reino. Após a chegada de dois estrangeiros, sua corte os confunde com alfaiates profissionais e os contrata para criar a mais bela nova roupa do Rei.
Dia 13 de maio às 11h - Biblioteca Paulo Duarte

Terra
Terra
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O Grupo Ecozóico utiliza a encantadora linguagem do teatro de sombras para contar a história de amor entre uma árvore e um menino. Adaptação do texto “A Árvore Generosa” de Shel Silverstein, sugere um horizonte de cidadania e responsabilidade social em escala planetária. É uma fábula sobre a amizade, a consciência ecológica e a ambição do homem perante a generosidade e a beleza da natureza.
Dia 11 de maio às 16h - Biblioteca Affonso Taunay
Dia 12 de maio às 16h - Biblioteca Cassiano Ricardo

Construtório
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
A Cia Truks utiliza a técnica de teatro conhecida por “Teatro de Objetos”, no qual o uso contínuo do objeto é modificado para construir novas criaturas, ou simbolizar personagens.
Três operários ficam impedidos de saírem da obra em que trabalham ao final do cansativo expediente, por conta de uma tempestade que não os deixa voltar para as suas casas. “Presos” que estão, no entanto, libertam a fantasia para criar as mais incríveis aventuras: transformam ferramentas, e demais objetos da obra, em instrumentos de suas viagens pela imaginação. Assim recontam, com muita criatividade, alguns contos de fadas, com bom humor, filmes clássicos, criam e interagem com bichos e criaturas formadas pelas mais inusitadas coisas. Revelam-se, por fim, operários de uma obra muito especial. São, sobretudo, poetas, construtores de sonhos!
Dia 10 de maio às 14h - Biblioteca Afonso Schmidt
Dia 12 de maio às 13h - Biblioteca Chácara do Castelo
Dia 16 de maio às 14h30 - Biblioteca Roberto Santos

A Loja de Brinquedos
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O espetáculo surge com a necessidade de estabelecer uma reflexão junto ao público infantojuvenil sobre uma maneira mais respeitável de estar no mundo discutindo de forma lúdica e descontraída sobre os padrões de beleza impostos pela mídia e sobre a beleza encontrada na diversidade.
Além dessa abordagem, que é fio condutor da peça, outras nuances do desenvolvimento infantil são abordadas, que são as brincadeiras e a sua importância. A partir do ato de brincar, as crianças trazem novas linguagens que lhe ajudam a pensar a realidade de forma mais criativa.
Dia 10 de maio às 15h - Biblioteca Clarice Lispector
Dia 12 de maio às 16h - Biblioteca Camila Cerqueira César
Dia 15 de maio às 14h30 - Biblioteca Rubens Borba Alves de Moraes


O menino e a cerejeira
Classificação indicativa: Livre | Duração: 90 minutos
Com enredo lúdico e emocionante, a Cia propõe uma versão do espetáculo especialmente adaptada para o espaço das Bibliotecas. O menino e a cerejeira nas Bibliotecas visa estimular a leitura, já que a montagem da Borbolina Companhia é uma adaptação do livro de Daisaku Ikeda, um filósofo, escritor, fotógrafo, poeta e líder humanista japonês. Em um cenário pós Segunda Guerra Mundial, os japoneses buscam alternativas para viver melhor. De um lado, um senhor já idoso cuida da única cerejeira sobrevivente aos bombardeios. Do outro, um garoto triste, Taiti, tenta superar a perda do pai na guerra. Assim, surge uma amizade mais forte do que qualquer conflito, que levará o menino a encontrar sua força e coragem para trazer a luz da esperança para todos da aldeia.
Dia 15 de maio às 10h - Biblioteca Amadeu Amaral
Dia 16 de maio às 10h - Biblioteca Pedro Nava

Draguinho
Draguinho
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
A longínqua cidade de Dragz é o cenário desse divertido espetáculo que conta a história de Draguinho, um jovem dragão que descobre de repente, que não é capaz de soltar fogo pela boca ou pelo nariz. Através de muitas gargalhadas e momentos de reflexão, o público é convidado a se encantar com esse simpático personagem, e a se questionar sobre onde está a beleza do mundo depois de se aventurar pela floresta e viajar para dentro de seus próprios sentimentos.
Dia 10 de maio às 10h - Biblioteca Aureliano Leite

Casos cascudos
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Espetáculo de animação inspirado livremente em três contos do pesquisador brasileiro Câmara Cascudo. A montagem utiliza diferentes técnicas de manipulação e construção, como o tradicional mamulengo, bonecos de vara feitos a partir de cabaças e brinquedos populares de madeira. A trilha musical, ao vivo e gravada, traz à lembrança antigas canções populares.
Dia 12 de maio às 13h - Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda
Que bicho é esse?
Que bicho é esse?
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
O Grupo Pasárgada, com mais de 45 anos de trajetória, é conhecido por trabalhar com a cultura popular brasileira e com temas como a exclusão social. No palco, uma princesa, ao lado de um bicho esquisito, testemunha o esforço de príncipes que querem pedir sua mão em casamento. Para subir ao altar, eles precisam passar por uma série de provas - mas a princesa nem tem certeza se quer colocar a aliança.
Dia 15 de maio às 10h - Biblioteca Padre José de Anchieta

Página Mágica
Classificação indicativa: Livre | Duração: 50 minutos
Página Mágica foi concebida a partir da literatura. Serão 4 estórias independentes:
O Saci, Chapeuzinho Vermelho, A lenda do Guaraná e Dom Quixote. Nesse
primeiro momento, a estória a ser contada será a do Saci.
Três atores, Manul Fadul, Felipe Lwe e Vanessa Silva e mais de 20 bonecos representam uma versão criada por Beto Andreetta, desse que é um dos personagens mais conhecidos da cultura popular.
O enredo gira em torno da preservação de uma floresta que corre o risco de ser destruída para a construção de uma cidade.
Dia 10 de maio às 10h30 e 14h - Biblioteca Vinicius deMoraes
Dia 12 de maio às 11h e 14h - Biblioteca InfantojuvenilMonteiro Lobato
Dia 13 de maio às 11h e 14h - Biblioteca Hans ChristianAndersen

Inquieto coração
Classificação indicativa: 14 anos | Duração: 60 minutos
Inquieto coração é um espetáculo solo cuja fonte de inspiração são as reflexões filosóficas de Santo Agostinho sobre os mais variados temas: o conhecimento de Deus, a busca da verdade, a natureza do amor e a condição humana. O espetáculo, que completa 10 anos em 2018, estreou no Rio de Janeiro, tendo realizado temporada em São Paulo e turnês por diversas cidades brasileiras.
Dia 11 de maio às 15h - Biblioteca Castro Alves
Dia 12 de maio às 14h - Biblioteca Sylvia Orthof
Dia 15 de maio às 1430 - Biblioteca Belmonte
Dia 16 de maio às 14h - Biblioteca Gilberto Freyre

As Três Mulheres Sabidas
As Três Mulheres Sabidas
Classificação indicativa: infantil/todas as idades | Duração: 60 minutos
Neste espetáculo criado a partir de três contos de fadas da tradição oral britânica, as protagonistas são mulheres sabidas que figuram como verdadeiras heroínas e, diferentemente das donzelas indefesas que geralmente vemos nos contos de fadas, utilizam o poder da sabedoria feminina para enfrentar monstros, bruxas e outros desafios que aparecem em seus caminhos.
Diferentemente de grande parte dos contos de fada clássicos, nos quais as heroínas são seres passivos à espera de um salvador, essas três histórias britânicas têm em comum protagonistas fortes, donas dos próprios desejos e destinos, que se valem de sua sabedoria feminina para enfrentar e vencer monstros, bruxas e até mesmo a incompreensão ou inatividade de seus parceiros.
Dia 12 de maio às 14h - Biblioteca Mário Schenberg
Dia 13 de maio às 11h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Outros Eus
Classificação indicativa: adulto | Duração: 60 minutos
O Marinheiro é uma obra, minimalista, provocatória e de vanguarda. Ela “permite conhecer de onde vem à inspiração de Fernando Pessoa, que com 24 anos  escreveu a peça em dois s. Revela-nos a sua intuição, a sua visão daquilo que viria a ser a sua vida de artista, de tormento e de sofrimento.” O marinheiro talvez seja o próprio Fernando Pessoa, concentrado na realidade e ação, no sonho de viver. É
na verdade a primeira criação dos seus três heterônimos. A adaptação percorre o pensamento e alguns poemas do Poeta português, para falar deste estado criativo, inventando um personagem real em seu quarto, através da prosa e da poesia.
Dia 11 de maio às 14h - Biblioteca Jamil Almansur Haddad
Dia 12 de maio às 11h - Biblioteca Jovina Rocha ÁlvaresPessoa
Dia 16 de maio às 14h - Biblioteca Álvares de Azevedo

Alvorada
Alvorada
Classificação indicativa: Livre | Duração: 60 minutos
Inspirado em letras de amor da música popular brasileira, Alvorada utiliza-se da linguagem das máscaras expressivas para contar uma linda história sem a utilização de palavras.
Dia 10 de maio às 14h - Biblioteca Ricardo Ramos

Teatralidade nos Contos de Marcelino Freire
Com o oficineiro: Ernandes Araújo. Inscrições no balcão da recepção.
A oficina busca através dos contos de Marcelino Freire, a sua teatralidade,o suporte
para criação dramatúrgica,e por consequência para encenação.A literatura como recurso imagético para construção de uma poética. Um texto literário possui um campo infinito para criação, para intertextualidade, permitindo ao ator um potente campo para sua imaginação.

1º Módulo Pesquisa poética dos Livros:
Contos Negreiros, Angu de Sangue, balé da Ralé, Rassif, Amar é Crime.
2º Pesquisa Cênica dos Contos Escolhidos
3º Encenação e apresentação do trabalho

Segundas-feiras, de 5 de março a 10 de novembro, às 19h - Biblioteca Alceu

CURSOS E OFICINAS

Oficina de Capoeira
Com André de Lucca
A oficina tem por intuito proporcionar uma fantástica experiência, social, histórica e cultural através da arte da capoeira.
Quintas-feiras de 11 de janeiro a 20 de dezembro às 15h - Biblioteca Menotti Del Picchia

Grupo Cuidando do Corpo
Com Danila (fisioterapeuta) e Luiza (psicóloga), profissionais da UBS Vila Santa Maria
Exercícios leves e alongamento para tratamento de pessoas que tenham dores crônicas nas articulações ou músculos como: dor nos joelhos, nos ombros, nas costas e outras.
Quartas-feiras de 17 de janeiro a 19 de dezembro às 8h30 Biblioteca Menotti Del Picchia

Coral Infantil
Classificação indicativa: crianças de 5 a 14 anos.
Com a Professora Karen Bock. INSCRIÇÕES ABERTAS NO EMAIL: bibliotecahans@gmail.com (informar nome completo, idade e telefone de contato)
Quintas-feiras das 15h às 16h - Biblioteca Hans Christian Andersen

Oficina de personagens infantojuvenis
Para jovens e adultos
Com: Daniel D’Andrea. INSCRIÇÕES ABERTAS NO EMAIL: bibliotecahans@gmail.com (informar nome completo, idade e telefone de contato).
Sábados, de 7 de abril a 2 de junho, das 9h às 13h - Biblioteca Hans Christian Andersen

Dança Moderna e Improvisação
Classificação indicativa: a partir de 18 anos | Duração: 2h30 | Orientação: Luciana Hoppe | Inscrições no balcão da recepção.
Técnicas de dança moderna de Alwin Nicolais para ampliação do repertório corporal dos alunos e estimulo a apropriação sensível do movimento.
Terças-feiras, de 20 de fevereiro a 14 de novembro, às 19h - Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Oficina de Gamão
Com Fares Youssef Murr e Nadim Jorge Arbex.
Interessados em aprender a jogar gamão ou em disputar partidas com outros participantes.
Quintas-feiras, de 1º de março a 1º de agosto, das 15h às 19h Biblioteca Alceu Amoroso Lima